segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Os Quatro


Vêm os quatro.
Eu vejo um.

Lágrimas e serpentina
e quatro narizes vermelhos.
Rufam os tambores
em melodia melancólica:
Os clowns chegaram.

Onde está o palco?
Onde está o público?
Silêncio!
Os tambores não tocam mais.

Quem apagou as luzes?
Quem fez parar de chover?
Quem disse que seria perfeito?
Quem ao menos disse que seria?
Quem, por diabos, quem?

Vêm os quatro.
Eu vejo ninguém!
Em alguma parte
eles evaporaram...de mãos dadas!

Nenhum comentário: