quarta-feira, 5 de março de 2008

Fogueira


- Acende a fogueira.
- Acendi.
- Chama o vô.
- Vôô!
- Cheguei.
- Conta um causo, vô!?
- Conto. Começa assim...

E o vô contava o causo.
E as crianças sonhavam-se personagens.
E a fogueira queimava.

A fogueira queimou a noite inteira até apagar.
As crianças apagaram.
O vô apagou.
Dormiram como nunca, e no dia seguinte...
- Acende a fogueira.
- Acendi.
- Chama o vô.
- Vôô!
- Vô?

O vô apagou.

Um comentário: